A China cumpriu a ameaça e anunciou nesta segunda-feira (2) novas tarifas sobre 128 produtos dos Estados Unidos, de carne suína congelada e vinho a certas frutas e nozes, ampliando a disputa entre as duas maiores economias do mundo em resposta às tarifas norte-americanas sobre as importações de aço e alumínio. As taxas, que entrarão em vigor nesta segunda, foram anunciadas no final de domingo pelo Ministério das Finanças da China e correspondem a uma lista de tarifas potenciais sobre até US$ 3 bilhões de produtos dos EUA publicada pela China em 23 de março. O contra-ataque acontece após várias semanas de tensões bilaterais, que alimentam os temores de um conflito comercial aberto entre os dois gigantes mundiais.