Concurso PM PR é urgente!

O efetivo da corporação da Polícia Militar do Paraná está tendo uma redução drástica. Caso não tenha concurso PM PR em 2018 a corporação poderá entrar em colapso.

As dificuldades impostas por setores do governo em torno da publicação de um novo concurso PM PR para soldados e bombeiros podem fazer com que o efetivo da corporação diminua bastante e chegue a uma redução de aproximadamente 4 mil homens nos próximos anos.

Deputado ressalta necessidade de novo concurso ainda este ano

A previsão para o ano de 2018 é uma redução de 1.500 policiais no efetivo da Polícia Militar do Paraná (PM PR), visto que esse quantitativo estará na reserva em decorrência do veto do Governo ao abono permanência para quem completa 25 anos de serviço. Por conta disso a necessidade da realização de um novo CONCURSO PM PR é de extrema urgência. Segundo Moraes, o concurso PM PR deve ser lançado ainda no primeiro semestre.

“É preciso levar em consideração o tempo entre a realização de um processo de seleção e a escola. A reposição de aposentadoria leva pelo menos dois anos para acontecer na prática, quando o policial está apto a trabalhar na rua”, explica Moraes.
Não podemos aguardar sequer por mais um ano para iniciar a primeira fase desse processo seletivo. As políticas de segurança pública ficariam absolutamente comprometidas”, alerta o deputado. 

 

Concurso ainda em processo de escolha da Banca Organizadora

O Concurso PM PR ainda não conta com banca organizadora definida, porém os preparativos já estão sendo providenciados. A banca será escolhida por meio de dispensa de licitação. Confira o protocolo atualizado que teve sua última modificação dia 02 de abril de 2018.

Histórico de tramitação 

 

A Polícia Militar do Paraná já contrata banca organizadora responsável pelo concurso PM-PR. A informação foi concedida pelo deputado Mauro Moraes, e por meio do protocolo nº 14.495.288-0. De acordo com Moraes, serão contratados 4 mil policiais militares e 1.000 bombeiros. Porém, conforme destaca o parlamentar, é possível que o governo reduza a oferta de vagas para 1.500 PM e 500 BM.

O deputado ainda afirma que o Governo pretende repor as baixas ocasionadas com aposentadorias e demissões, mas há ainda uma grande mobilização por parte da Comissão de Segurança Pública pela ampliação das vagas a serem oferecidas em novo concurso.

O Governo do Estado pode abrir um novo processo seletivo ainda este ano, depois de 5 anos após a última realização de concurso público para a contratação de Policiais e Bombeiros Militares. Com base na solicitação que foi encaminhada pelo próprio Comando da Polícia Militar ao Poder Executivo, no qual foi realizado o pedido de inclusão de 4 mil novos profissionais.

As contratações deverão ocorrer, gradativamente, conforme as condições financeiras que o Estado apresenta. O edital do último concurso, lançado em 2012, ampliou o efetivo policial em 5 mil profissionais.

De acordo com o Moraes, “é um número ainda tímido para um grande projeto de reconstrução da segurança pública. O Paraná, infelizmente, assistiu a um crescimento desenfreado da violência nos últimos anos, sobretudo o interior do Estado. O superávit de policiais ainda é insuficiente para garantir policiamento adequado em todas as regiões, por isso a necessidade de uma ampliação ainda maior do efetivo”.

Do cargo Soldado PM
Atribuições: desempenho do policiamento ostensivo e outras missões necessárias à preservação da ordem pública.
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão do Ensino Médio em escola pública ou particular reconhecida pelos órgãos oficiais de ensino
Regime Jurídico: estatutário, em conformidade com a legislação constitucional e infraconstitucional aplicável.
Do cargo Soldado BM
Atribuições: desempenho de atividades de defesa civil, além de outras atribuições definidas em lei.
Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão do Ensino Médio em escola pública ou particular reconhecida pelos órgãos oficiais de ensino.
Regime Jurídico: estatutário, em conformidade com a legislação constitucional e infraconstitucional aplicável.
Distribuição de vagas do último concurso
 1ª TURMA – (POLICIAL MILITAR)

 1ª TURMA – (BOMBEIRO MILITAR)

Requisitos:

São requisitos básicos para a posse:

  • Para ser nomeado o candidato deverá ter sido aprovado em todas as fases do concurso público e encontrar-se dentro do número de vagas previstas nas respectivas turmas;
  • Ter sido aprovado em todas as fases do concurso, nos termos regulados no presente Edital;
  • Ter nacionalidade brasileira;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Estar em dia com as obrigações relativas ao serviço militar;
  • Comprovar conclusão do ensino médio;
  • Ter no máximo 30 anos de idade na data do primeiro dia da inscrição (não ter completado 31 anos no primeiro dia das inscrições);
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.
  • Edital específico estabelecer prazo e condições para apresentação dos documentos elencados, sendo que a não apresentação implicará na desclassificação do candidato.
  • Havendo dúvidas quanto à sanidade física e mental do candidato este não tomará posse e/ou não entrará em exercício e será submetido à inspeção médica.
  • Não haverá reserva de vagas para candidatos julgados inaptos, mesmo que temporariamente, para a posse ou exercício do cargo.

 

Remuneração:
Disciplinas do último concurso PM-PR:
Etapas do concurso:

Para mais informações sobre concursos, dicas e organização de estudos, acompanhe-nos nas redes sociais: